materia

5 estratégias fundamentais para uma boa apresentação

Tenho uma apresentação! E agora?

Pensar no que será dito, organizar as ideias e se concentrar são etapas importantes e que devem anteceder uma apresentação. Mas você sabia que o modo como você utiliza o espaço para a apresentação, o direcionamento dos olhos, os gestos e as expressões faciais podem colocar por água abaixo todo o seu preparo se não forem conduzidos da maneira correta?

Por acaso você já conversou com pessoas as quais você sentiu total confiança e com outras que, por mais que tivessem boas idéias, não o convenceu, sem você saber a razão?

Pois bem, nossa linguagem corporal é fundamental para estabelecer conexão com as pessoas e a sua congruência com o que está sendo dito faz o sucesso da sua apresentação.

Somos geneticamente programados para identificar e interpretar primeiramente a comunicação não verbal, que é uma das formas mais primárias da comunicação. Existe uma parte do nosso cérebro, chamada sistema límbico, que é responsável por nossas emoções distinguindo o que agrada e o que não agrada.

Warren Edward Buffett, constantemente citado na lista das pessoas mais ricas do mundo, ocupando o primeiro lugar em 2008 disse: “A boa capacidade de comunicação em público aumenta seu capital humano em mais de 50%”. Bem, não há o que se questionar, ter boas ideias, mas não convencer as pessoas ao seu redor não é garantia de sucesso.

Selecionamos algumas estratégias que você pode colocar em prática de imediato para ganhar mais credibilidade com o seu público:

  • Administre seu nervosismo: Faça exercícios de meditação. Não precisa ser algo demorado, experimente prestar atenção em sua respiração, de olhos fechados, durante três minutos. Você perceberá a mudança em seu estado emocional.
  • Faça uma entrada confiante: Lembre-se que os primeiros minutos são fundamentais para despertar a confiança do público.  Então, se sentir medo, finge que não tem, e vai.
  • Ocupe seu espaço: Saia detrás da mesa! Ocupe seu espaço no palco.
  • Fale com as mãos: Utilize seus gestos para intensificar sua mensagem. Existem pessoas que são mais visuais e fazendo isso você desperta mais interesse, além de dar mais naturalidade a sua apresentação. Cuidado com gestos em excesso que acabam levando ao resultado contrári,  distraindo a plateia.
  • Olhe para seu público: Para quem você está falando? Dê atenção às pessoas direcionando seu olhar.

Se exponha a situações onde tenha que expor suas ideias em público, coloque em prática os passos e faça sua autoavaliação fornecendo feedbacks verdadeiros a você. Ao se autoavaliar você aprenderá o que fez de positivo e o que poderá modificar da próxima vez.

Sucesso em suas apresentações!

 

Karine Moura de Carvalho

Psicóloga, Executive Coach, especializada em Gestão Avançada de Recursos Humanos, Professora universitária e sócia diretora da Consultar Gestão de Pessoas.

Larissa de Moura Tonaco

Psicóloga, Executive Coach, especializada em Gestão Estratégica de Pessoas e sócia diretora da Consultar Gestão de Pessoas.

 

Conheça nosso curso de Oratória!

“Tente uma, duas, três vezes se possível tente a quarta, quinta e quantas vezes for necessário. Só não desista nas primeiras tentativas. A persistência é amiga da conquista. Se você quer chegar aonde a maioria não chega, faça aquilo que a maioria não faz.” 

Bill Gates